Cálculo do metabolismo de base: métodos de cálculo e objectivos

Para não exceder as suas necessidades calóricas diárias, é necessário calcular o seu metabolismo basal ou taxa metabólica basal. Com este cálculo, poderá ter uma ideia da energia de que o seu corpo necessita, de acordo com o seu nível de actividade física. Mas qual é o método de cálculo da taxa metabólica basal?

Metabolismo básico: o significado

Antes de se descobrir o método de cálculo da taxa metabólica basal, é necessário compreender o significado deste termo.

O metabolismo básico refere-se às calorias de que o seu corpo necessita para desempenhar funções vitais, tais como respirar, processar nutrientes, manter a temperatura corporal, etc. Por outras palavras, o metabolismo básico é a quantidade de energia (= calorias) de que o seu corpo necessita para funcionar quando está em repouso. De facto, mesmo quando não nos dedicamos a qualquer actividade, continuamos a gastar energia. Este baixo consumo de energia permite ao organismo sobreviver, que é o que chamamos o metabolismo básico.

O metabolismo de base varia de um indivíduo para outro. Depende também de vários factores, como a idade, a altura, o peso e o nível de actividade física.

Cálculo da taxa metabólica basal: os diferentes métodos de cálculo

A fórmula Harris e Benedict / Roza e Shizgal

A taxa metabólica basal pode ser estimada com base em quatro factores: peso, altura, sexo e idade. Para o seu cálculo, podem ser aplicadas várias fórmulas. A mais simples é a de Harris e Benedict de 1919, que determina as necessidades calóricas diárias tanto de homens como de mulheres:

Homens: 66.4730 + (13.7516 x peso em kg) + (5.0033 x altura em cm) – (6.7550 x idade em anos).
Mulheres: 655.0955 + (9.5634 x peso em kg) + (1.8496 x altura em cm) – (4.6756 x idade em anos).
Esta fórmula é amplamente utilizada, mas é a menos exacta. Foi recalculado pela Roza e Shizgal em 1984:

LEIA  Plexus Slim Revisão: Bebida rosada para emagrecer!

Homens: 13.707 x peso em kg + 492,3 x altura em cm – 6.673 x idade em anos + 77.607.
Mulheres: 9.740 x peso em kg + 172,9 x altura em cm – 4.737 x idade em anos + 667.051.

A fórmula Mifflin-St Jeor

Este método de cálculo foi introduzido em 1990. Permite calcular o seu metabolismo de base de uma forma precisa:

Homens: (9,99 x peso em kg) + (6,25 x altura em cm) – (4,92 x idade em anos) + 5.
Fêmeas : (9,99 x peso em kg) + (6,25 x altura em cm) – (4,92 x idade em anos) – 161.

A equação de Schofield

Utilizada pela OMS (Organização Mundial de Saúde), a equação de Schofield é outra fórmula para determinar a taxa metabólica basal de acordo com o sexo e a idade de uma pessoa.

Fórmulas para homens

Entre 10 e 17 anos: 17,686 x peso em kg + 658,2.
Entre 18 e 29 anos: 15.057 x peso em kg + 692.2.
Entre 30 e 59 anos: 11.472 x peso em kg + 873,1.
Mais de 60 anos: 11.711 x peso em kg + 587,7.

Fórmulas para as mulheres

Entre 10 e 17 anos de idade: 13 384 x peso em kg + 692,6.
Entre 18 e 29 anos: 14.818 x peso em kg + 486,6.
Entre 30 e 59 anos: 8,126 x peso em kg + 845,6.
Mais de 60 anos de idade: 9,082 x peso em kg + 658,5.
A fórmula de Oxford
Com este método, o metabolismo básico é calculado da seguinte forma: 14,2 x peso em kg + 593.

A fórmula de Cunningham e Katch-McArdle

Ambas as fórmulas têm em conta a massa magra do corpo da pessoa:

Fórmula de Cunningham: 500 + (22 x massa magra em kg).
Fórmula Katch-McArdle: 370 + (21,6 x massa magra em kg).
Ao calcular a sua taxa metabólica basal, você saberá, portanto, quanta energia o seu corpo gasta quando está em repouso. Contudo, o corpo não descansa o tempo todo; mesmo a menor actividade (física e cerebral) resulta no consumo de calorias. Consoante a sua situação, eis os coeficientes a aplicar:

LEIA  Você pode perder peso com o jejum intermitente e como adotar esse método de jejum?

Sedentário (sem actividade ou muito pouco exercício): MB x 1.2.
Ligeiramente activo (exercício entre 1 e 3 vezes por semana): MB x 1,375.
Activo (actividade física regular (entre 3 e 5 vezes por semana): MB x 1,55.
Muito activo (exercício diário ou desporto sustentado): MB x 1,725.
Extremamente activo: (grande desportista ou trabalho muito físico): MB x 1,9.

A importância do metabolismo básico

O metabolismo de base corresponde, portanto, às necessidades vitais do seu corpo. Se não tiver a energia necessária, o seu corpo não será capaz de funcionar ou sobreviver ao descanso.

Enquanto os principais factores na determinação da sua taxa metabólica basal são altura, sexo, idade e peso, outros podem também influenciar a sua taxa metabólica basal. Entre estas estão, por exemplo, as condições climáticas: em tempo quente ou frio, a sua taxa metabólica basal será mais elevada porque o seu corpo terá de trabalhar mais para manter o seu sistema.

Outro ponto importante: se praticar desporto, esteja ciente de que a sua massa magra irá aumentar; um aumento que consome mais calorias do que a massa gorda, mesmo quando o corpo está em repouso. Se tiver músculos mais desenvolvidos, o seu corpo irá portanto consumir mais calorias para funcionar correctamente, mesmo que não faça exercício.

Ao calcular a sua taxa metabólica basal, terá também uma ideia do que o seu corpo pode consumir. Com esta referência, poderá gerir melhor a sua dieta e, consequentemente, as calorias que ingere. Idealmente, a sua ingestão energética e as suas despesas devem ser equilibradas: se queimar tantas calorias quantas forem ingeridas, o seu peso será mantido.

Se este equilíbrio for perturbado, ou se ganha peso ou se perde peso. No primeiro caso, isto será um sinal de que estás a comer mais do que estás a gastar. Resultado: você armazena e ganha peso. No segundo caso, exercitará mais e comerá menos. Como resultado, o seu corpo recorre às suas reservas para encontrar energia.

Magda SANTOS

Jean-Michel foi jornalista de saúde Medisite durante 6 anos, antes de se juntar à redacção do assediomoral.org em Abril de 2020, como chefe da secção de saúde, psicologia e sexo. Licenciou-se no Centre de Formation et de Perfectionnement des Journalistes (CFPJ).

Assediomoral.org